SVA

O momento e as perspectivas para o Mercado de Telecomunicações

Superplayer & Co.
Escrito por Superplayer & Co. em 06/01/2022
Se inscreva!

Conteúdos fresquinhos para estimular seu cérebro :)

O mercado de telecomunicações é um setor em expansão. Segundo o site Grand View Research, o market size global foi avaliado em US $ 1.66 trilhões em 2020 e deve se expandir a uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 5,4% entre 2021 e 2028.

E quando falamos de usuários, os números também são ascendentes. Em 2020, havia cerca de 7,7 bilhões de assinaturas de banda larga móvel ativas em todo o mundo, um aumento enorme de 3,3 bilhões apenas 5 anos atrás, graças em parte à implantação do 4G.
Ainda sobre usuários, segundo o Digital 2021 April Global Statshot Report, mais de 60% da população mundial já está online atualmente, com 92,8% dos usuários acessando a internet via dispositivos móveis.

Falando mais especificamente do mercado brasileiro, a receita operacional líquida das empresas de Telecomunicações por aqui cresceu de 131 bilhões de reais em 2010 para 163 bilhões de reais em 2019, o que representa um crescimento de quase 25% durante a década passada. 

É importante salientar que temos uma situação muito peculiar no mercado de provimento de internet fixa: atualmente são cerca de 8.000 provedores de internet registrados na Anatel no país, enquanto os demais países da América Latina, por exemplo, em sua grande maioria, têm menos de 100.

Outro destaque sobre o Brasil é que somos o segundo país que mais passa tempo online, com a impressionante média de 10h por dia de conexão. E quando o assunto é banda larga fixa por aqui, tivemos um crescimento de 35% entre 2016 e 2020.

No país hoje temos cerca de 234 milhões de telefones celulares ativos, ou seja, há mais telefones celulares do que pessoas – segundo o último censo, que indicou 211M de brasileiros.

Voltando para a escala global, outro dado impressionante revelado no Digital 2021 April Global Statshot Report foi o de que 332 milhões de pessoas acessaram a Internet pela primeira vez em 2020 – e é claro que esse número tem relação direta com a pandemia que estourou no mundo entre 2019 e 2020.

Enquanto as pessoas em todo o mundo lutam com as realidades da pandemia COVID-19, as plataformas de entretenimento digital, bem como os provedores de serviços de telecomunicações globais, se beneficiaram do cenário atual.

Com negócios e setores inteiros se digitalizando, a internet ganhou uma importância ainda maior para a economia mundial, que com certeza teria sofrido muito mais sem a sua existência.

Em um cenário de isolamento social, o trabalho remoto alimentou (e segue alimentando) uma grande demanda por conectividade e infraestrutura de rede. Da mesma forma, a impossibilidade de atividades de entretenimento ao ar livre devido ao distanciamento social estrito aumentou o uso de várias plataformas digitais, incluindo mídia social, jogos e aplicativos OTT. O tráfego de voz móvel também testemunhou um aumento durante este período, com operadoras de comunicação proeminentes relatando uma enorme escalada em seu tráfego de voz desde o início da pandemia.

Nos últimos anos, trabalhamos, nos entretemos e convivemos socialmente através da internet como nunca havíamos feito antes, período em que se aceleraram tecnologias e tendências devido ao COVID, mas que serão duradouras mesmo passado o período da pandemia. 

E olhando para frente: que transformações podemos esperar para os próximos anos dentro do setor de telecomunicações?

Foi pensando nisso que criamos um ebook com as principais tendências e projeções para esse mercado nos próximos anos. Dentro dele falamos sobre: 5G, consolidação de mercado, investimento em segurança, atenção à experiência do consumidor, virtualização de redes e disrupção nas tecnologias de provimento de internet.

Para ter acesso gratuito a esse material é só fazer o download clicando aqui.